5 de jun de 2010

Orgulho e Preconceito # 2 - O casal mais Romântico

 Ok, Ok, ainda estou na minha febre Lizzy e Darcy! Mas me deixem viver minhas loucuras frenéticas por este casal, ta certo? Gostaria de deixar registrado os motivos pelos quais gosto tanto de Darcy e Elizabeth.

1- o primeiro e mais importante: Eu AMO romances em que os protagonistas tem uma certa rixa entre si. Não sei por que, mas acho isso sensacional. Ah, não façam perguntas difíceis, eu realmente não sei por que gosto disso, simplesmente gosto. Ok?

2- Também gostei de ver que foi Darcy quem se apaixonou primeiro e não Lizzy. Aqui devo acrescentar, os dois pombinhos não ficaram juntos antes por pura tolice. Se Darcy não tivesse ferido o orgulho de Elizabeth e ela não tivesse usado isso para notar todas as falhas do caráter dele, devo dizer que eles estariam unidos muito antes do meio do livro.

3- A declaração de Darcy. Meu Deus, aquilo me deixou embasbacada:
“Em vão venho lutado, mas de nada valeu. Meus sentimentos não podem ser reprimidos e permita-me dizer-lhe que a admiro e a amo ardentemente” (apesar de eu achar que a declaração do Mr. Darcy no filme é mais eloqüente).
Gente, este ardentemente me persegue... É simplesmente lindo!

4- Acho muito engraçado a forma de Darcy agir para com Elizabeth depois que ele descobre que a ama. E não obstante as tentativas frustradas de tomar coragem para se declarar, hahaha, eu ri demais nessas partes.

5- O final alternativo americano da versão 2005. Não me sai da cabeça, Matthew Macfadyen Falando Mrs Darcy... Simplesmente arrebatador!!!!

6- O final do livro, achei muito bonito, sem contar que apesar de brevemente, conta-se um pouco da vida conjugal do casal.

7- o jeito como Elizabeth era sarcástica com Darcy. Na verdade ela chegava ser cruel. Também devo acrescentar que me chamou bastante atenção a indulgência dele para com ela, ele a amava tanto que perdoava até as injurias dela contra sua pessoa.

8- A parcela de contribuição de Lady Catherine (eu simplesmente odeio essa personagem), mesmo que involuntária, ela mal sabia, mas estava dando combustível para o coração do sobrinho.

9- A descoberta de Elizabeth sobre os seus sentimentos em relação ao Mr. Darcy. Ela é muito tapada, demorou a se dar conta de seus sentimentos, mas em fim descobriu que estava apaixonada por Darcy a ponto de desejar que ele fizesse a proposta de casamento novamente.

10- Por último e não menos importante, a mudança de Mr. Darcy, a necessidade de fazer tudo o que agradasse Elizabeth. A forma como ele se dá conta que de fato era orgulhoso e egoísta (E que havia sido arrogante com ela).

Existem vários outros detalhes em O&P, que me chamam a atenção, mas esses são os mais importantes. No mais, deixo a recomendação de que leiam Orgulho e preconceito e zumbis (uma obra doida, mas engraçada), o mangá e o comics do romance (se por acaso alguém souber ler japonês e inglês), não deixar de ver o filme(versão 2005) e o seriado(o Colin Firth também estava d+), a fanfic O outro lado de orgulho e preconceito (a fanfic esta traduzida e tem no 4shared, é muito boa, é a versão de Darcy de Orgulho e preconceito), ler o livro Mr. Darcy Diary (que é o diário de Mr. Darcy, dizem que ele é bonzinho, só tem em inglês, mas é possível achar na net ele traduzido) e ler as diversas fanfics no site: Jane Austen Fan Fics
Várias outras obras foram escritas sobre O&P, mas essas são as mais importantes e conhecidas. No mais divirtam-se...

E isso é tudo...?

2 comentários:

- GEJ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
- GEJ disse...

Eu adoro esse filme, gostaria até que existisse continuação, mas acho que só poderei ler o livro para saber mais...Ele é realmente um dos poucos filmes que vale a pena ver.