10 de mar de 2011

Conde Cain - O Conde dos Venenos...

Faz uma década que queria falar desse mangá aqui, mas a resenha que eu fiz tomou chá de sumiço e desapareceu, eu posterguei até onde deu, em uma vã esperança de tornar achá-la, mas como meus papéis se encontram em uma eterna bagunça, não teve como, estou refazendo a resenha...
Eu amo toda estória em estilo gótico e que gire ao redor da era vitoriana, não me pergunte por que, pois não sei responder, simplesmente amo histórias com esse cenário. Descobri Conde Cain por acaso, quando estava olhando na seção de quadrinhos no site da Leitura, vi a capa de God Child parte 6 e meu queixo caiu, li a sinopse e gostei. Fui na banca, comprei e me apaixonei.
Cain é um conde de 17 anos, herdeiro do glorioso clã dos Hargreaves. Pode parecer terrível o que vou falar, mas Cain matou o pai quando ainda viviam em um castelo da família na Cornualha. E desde então, vem colecionando venenos.
Mas cain não matou o pai por que ele é um sujeitinho perverso, ele descobriu que o pai o vinha envenenando gradativamente, além das severas surras que sofria todas os dias.

Durante todo o mangá vemos cain resolvendo mistérios, colecionando venenos, arrasando corações por onde passa e descobrindo mais e mais sobre a origem do caos da sua vida. 
God Child 1, Cain solucionado mais
um de seus mistérios
O cain quando pequeno.


A outra resenha que fiz continha uma porção de spoilers sobre o mangá (eu contei toda a história na íntegra), mas dessa vez achei melhor não exagerar na dose.



Esta é a Maryweather!!!
Vale ressalvar que conde cain é um excelente mangá, muito bem escrito e muito bem elaborado, o risco da Kaori Yuki (a autora deste mangá) é muito preciso, é até possivel ver uma nítida diferença entre a primeira parte da obra e a segunda parte que é denomina de God Child (houve um lapso temporal entre elas, quando a autora deixou a série em hiatos). É muito prazeroso ler essa trama, pois é recheada de mistério, suspense e etc e tal (Sem contar que todo o "cenário" e 'figurino"  são esplendidos!).

Vale salientar ainda, que Cain é irresistivelmente charmoso, não há como não se apaixonar por ele e seus romances; Não há como não se encantar pela irmã dele, a fofa Maryweather, ficar horrorizado com a dedicação do Riff, o mordomo e ficar um tanto grilado com Dr. Jezebel.
A trama é cheia de autos e baixos, cada mangá reserva aventuras diferentes, mistérios, mortes, sangue, corações despedaçados e um drama familiar muito profundo...(isso tudo sem ser meloso!!!!)

Essa trama com certeza absoluta conseguiu me arranca uma nota 5, em uma escala de 1a 5, é claro. Uma obra excelente!



Essa foi a capa que chamou minha atenção!
P.S: O Mangá Conde Cain é curtíssimo, é um total e 13 volumes com os seguintes nomes: A Julieta Esquecida, Ecos de Um garoto, Kafka, A marca do Cordeiro Escarlate 1, A marca do cordeiro Escarlate 2, God Child 1,2,3,4,5,6,7,8.

 


Um comentário:

Marry disse...

eu vagando por uma biblioteca, ha uns anos atras, achei esse manga e peguei pra ler. nunca mais esqueci, mas não acho ele em lugar algum!
como queria ele em portugues pra download mesmo...
é explendido esse manga!