19 de ago de 2010

A decima terceira história

Margareth Lear não imaginava o que o aquele quadrado branco escondia quando chegou em casa e o encontrou no quinto degrau de sua escada.
Na verdade o remetente era Vida Winther, a maior escritora inglesa ainda viva. Vida estava convidando Margareth para ser sua biografa, um privilégio, uma vez que ninguém sabia nada sobre ela. Dá-se então início a história das meninas Angefield...
Angefield é uma pequena cidadizinha no interior da Inglaterra, e lá vivia a família Angefield. Depois da morte da matriarca durante um trabalho de parto a coisas na mansão Angefield começam a desandar e é onde começa a interessante história dessa família.
Após o terrível trabalho de parto que levou morte a matriaca da família, o cenário em Angefield começa a se modificar. Isabella é o fruto de um parto trabalhoso, sem uma mãe por perto para criá-la e recebendo todos os mimos possíveis da parte do pai, a moça cresce mimada e voluntariosa. Ao chegar a juventude, Isabella é como diz Mitsu, é o tipo de mulher que quando chega todos os homens olham para ela. Ela encantava todos os rapazes da região, mas só desejava um...
Isabela foge e se casa com esse rapaz, e tem filhas gêmeas, meses mais tarde ela volta para casa após a morte do marido, deixando as gêmeas ao encargo de Mitsu, a única empregada, e assim começa a história de Vida inter...

A estória é linda, cheia de tramas e muito mistério, eu amei ler este livro que por acaso comprei de promoção a um ano atrás. O livro não fala apenas dessa escritora, fala também sobre o prazer da leitura, o mundo mágico dos livros e como o conhecimento pode transforma. Além disso, Diana Setterfield acertou na trama, tudo muito bem estruturado, bem alinhado, sem clichês ou finais previsíveis. Leia e se apaixone também pelas tramas de angefield, e descubra a décima terceira história... 

Nenhum comentário: