22 de abr de 2010

A montanha Russa da Vida

Esse é um texto de minha autoria, do qual ja faz cerca de quase um ano e meio que foi escrito, gosto muito dele por que representa o que pensa da vida.




~*~*~

A montanha Russa da vida


A vida é uma montanha Russa, cheia de altos e baixos e de momentos de tirar o fôlego. O inicio é bem calminho, então o carrinho começa a aumentar sua velocidade gradativamente, sobe-se uma rampa que o leva até um ponto alto e então ela despenca de uma vez só. Ela desce a “ladeira” de uma vez só, arrancando seu ar, consumindo sua coragem e faz com que os hormônios que controlam a adrenalina sejam usados de uma forma nunca vista.
Ela torna subir e descer, vira de ponta cabeça, sobe e desce mais um pouco, faz percursos radicais ainda não imaginados por você. Então a adrenalina consome sua coragem de forma voraz e vai te deixando louquinho. Algumas sensações são maravilhosas, outras, no entanto, são de embrulhar o estômago. Até que então, o carrinho começa a desacelerar, e vai desacelerando, e cada vez ele fica menos veloz, até que para. A sensação é maravilhosa, mas você não tem certeza se consegue encarar uma segunda vez.
Você consegue ver alguma diferença entre vida e a montanha russa?Se por acaso tenha visto, me conte pois eu não vi nenhuma!
A via é assim, um redemoinho de emoções... Quando o carrinho começa a andar é quando começamos a viver, a vida esta bem diante de nós, tudo é uma expectativa maravilhosa, até que vem a primeira surpresa, este é o momento em que o carrinho desmorona na primeira “ladeira”, a sensação é maravilhosa. Logo começa uma sucessão de subidas e descidas, os altos e baixos da vida. Momentos de extrema felicidade e profunda tristeza, momentos estáveis e momentos que a vida da piruetas, momentos que ela fica de cabeça para baixo.
Então quando você esta próximo ao fim e o carrinho de emoções começa a desacelerar, você olha para trás e vê suas aventuras e peripécias, observa como foi tudo muito bom e louco, mas você não tem coragem se agüenta uma segunda rodada. É de fato, não há muita diferença entre a vida e uma montanha russa.

Nenhum comentário: