31 de jul de 2010

Curiosidade Literária

Esse poema é bem antigo, faz muitos anos que eu o tenho, mas ele é tão bacana que vale apena colocá-lo aqui.
O principal motivo de tê-lo postado é porque ele me trás lembranças do passado, me faz recordar amigos queridos dos tempos em que minha vida parecia um sonho (é claro que isso é do ponto de vista atual).
Recordo-me da biblioteca da escola, da Miriam, a bibliotecária, meus queridos amigos de escolar, o tempo que agente ficava esperando o escolar e jogado conversa fora com a Renata e a Miriam...
O tempo pode até ter roubado aqueles tempos felizes, mas ele não roubou a memória...

~*~*~*~*~

Curiosidade literária
Não te amo mais
Estarei mentindo se disser que
ainda te quero, como sempre te quis.
Tenho certeza de que
Nada foi em vão.
Sinto dentro de mim que
Não significas nada.
Não poderia dizer jamais que
alimento um grande amor.
Sinto cada vez mais que
já te esqueci!
E jamais usarei a frase
Eu te amo!
Sinto, mas tenho que dizer a verdade:
É tarde demais...
(OBS.: Leia agora de baixo para cima)

Um comentário:

Dani Maria disse...

Ola, adorei seu Blog
É bem criativo ^^
Caso não seja muito incomodo,
Peso se vc pode dar uma visualizada na minha pagina
A versos e poemas feito por mim á algumas criticas.
Desejo que vc se perca ao entrar no meu Blog e se encontre com as palavras
Escritas por lá.
Beijinho com B de Blog ☺